Carregando...Carregando...
Lógica Digital

CONTATO RÁPIDO

Precisamos conversar sobre suicídio

Image

Precisamos conversar sobre suicídio

Segundo o estudo do Ministério da Saúde muitos dos transtornos estão relacionados com o cotidiano profissional. Por exemplo: jornadas excessivas; falta de reconhecimento e de incentivo; falta de estrutura; falta de tempo para executar tarefas; pressão superior; fracasso e falta de oportunidade para expor satisfações e insatisfações.

Em 2007 as notificações de transtornos mentais relacionados ao trabalho eram de 122, já em 2017 esse número passou de 8.000.

Segundo Karla Baêta, do Ministério da Saúde, a relação do trabalho vai além de uma relação salarial. O colaborador possui a oportunidade de construir relações sociais e se realizar no ambiente corporativo. Porém, dependendo das condições, o ambiente corporativo pode ser tornar prejudicial.

Assim, levando-se em consideração que a maioria dos casos estão relacionados ao cotidiano profissional, necessário atentar-se às situações e relações sociais dentro do ambiente de trabalho.

Por isso separamos dicas que podem auxiliar você na hora de ajudar alguém que está pensando em suicídio.

 

  • Conversar de forma respeitosa, demonstrando empatia e compreensão;
  • Perguntar como a pessoa está, quais são os seus sentimentos e o que tem feito ultimamente;
  • Conversar em um lugar tranquilo e respeitando o tempo da pessoa para desabafar;
  • Escutar de forma ativa e buscar entender o que a pessoa está sentindo;
  • Fazer alguns resumos do que a pessoa está falando para que ela saiba que você está atento;
  • Informar sobre a ajuda profissional;
  • Se a pessoa não quiser conversar, se mostre à disposição para caso ela queira em outro momento;
  • Indicar os serviços oferecidos pelo CVV.

O que NÃO fazer:

  • Desmerecer o que a pessoa está passando;
  • Apressar a conversa;
  • Opinar com base em suas experiências;
  • Expressar choque (“Não acredito que você tá pensando nisso!”);
  • Reprimir o choro (“Pra que chorar? Você sempre teve tudo do bom e do melhor!”);
  • Usar frases como: “Para com isso!”, “Tudo vai ficar bem” ou “Meu problema é maior que o seu e eu não estou desse jeito”.

Podemos ajudar e fazer a diferença! Os sinais são perceptíveis, por isso, esteja atento!

CVV | Centro de Valorização da Vida – Telefone 188
Site: https://www.cvv.org.br/

Share on Facebook0Share on Google+0

Deixe um comentário

Nome *
E-mail *
Site
Mensagem *
Image
LOCALIZAÇÃO
Avenida Brasil, 1636, Jardim Guanabara, 13070-178, Campinas/SP
Image
TELEFONE
(19) 2519-7200
(11) 4750-1312
(21) 3952-7684
Atendimento: (19) 97407-3954
Comercial: (19) 99335-9012
Image
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
Segunda à Sexta das 09:00 às 18:00